Lutador suspeito de matar idoso em Fortaleza tem prisão decretada, e defesa pede substituição da medida

  • 10/07/2024
(Foto: Reprodução)
Lucas Amorim Magalhães está internado em um hospital particular, aguardando uma cirurgia na perna. Lutador suspeito de matar idoso tentou atacar outras pessoas em rua de Fortaleza A Justiça decretou a prisão preventiva do lutador de jiu-jitsu Lucas Amorim Magalhães, de 39 anos, suspeito de matar um idoso de 91 anos e deixar três feridos em um condomínio no Bairro Farias Brito, em Fortaleza. A decisão ocorreu na audiência de custódia, realizada no último sábado (6), um dia após o crime. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp Após o ataque, na tarde de sexta-feira (5), o suspeito saiu caminhando na rua com um furador de coco na mão e ameaçou outras pessoas que encontrou pelo caminho. Ele também resistiu a prisão. (Veja o vídeo acima) A defesa de Lucas apresentou na defesa Incidente de Insanidade Mental, alegando que o suspeito estava em "surto psicótico de perseguição". A equipe jurídica do suspeito também solicitou a suspensão dos efeitos da prisão preventiva para que o lutador responda pelo crime em liberdade ou com medidas cautelares, como uso de tornozeleira eletrônica ou internação compulsória em clínica psiquiátrica. "Há um incidente de insanidade mental em andamento. Ele foi subentendido a uma avaliação de perita psiquiatra particular atestando a condição de saúde e o acometimento de transtorno mental", disse a defesa do lutador. Desde o dia do crime, Lucas estava internado no Instituto Doutor José Frota (IJF), sob escolta policial, aguardando uma cirurgia na perna baleada por um policial que reagiu no momento que ele tentou atacar um agente. Porém, no último domingo (7), ele foi transferido para um hospital particular, a pedido da família, para poder realizar o procedimento na outra unidade de saúde. A previsão, é que ele retorne para o IJF após a cirurgia e o mandado de prisão seja cumprido quando ele receber alta. LEIA TAMBÉM: Lutador de jiu-jitsu é preso suspeito de matar idoso e ferir pessoas em condomínio de Fortaleza; vídeo Lutador suspeito de matar idoso e ferir pessoas tentou atacar a própria mãe, segundo testemunhas VÍDEO: Lutador ameaçou pessoas na rua após matar idoso em condomínio em Fortaleza Sete feridos e ordem para lamber sangue Lucas Amorim Magalhães, de 39 anos, preso por suspeita de matar um idoso de 91 anos e ferir ao menos outras três pessoas em um condomínio em Fortaleza. Arquivo pessoal Durante a Audiência de Custódia, o juiz de Direito levou em consideração, entre outros fatos, que Lucas atacou ao menos sete pessoas e ainda mandou que uma das vítimas lambesse o sangue do idoso. Diante da recusa, ele agrediu a vítima com murros, socos e golpes de furador de coco na cabeça. "No que tange aos indícios de autoria do delito, salienta-se que as testemunhas reconhecem, sem sombra de dúvidas, o acusado preso em flagrante, como o responsável pela prática delituosa. Logo, diante do que foi exposto, as provas colhidas até o presente momento informam, inicialmente, sobre existência de indícios suficientes de autoria e materialidade do delito", disse o juiz. Para o juiz de Direito, a prisão preventiva de Lucas é necessária para garantir a ordem pública. "Ante os fatos acima, verifica-se que é preciso manter o acusado recolhido ao cárcere para a garantia da ordem pública, não sendo possível, no presente momento, conceder-lhe o benefício da liberdade provisória ou a aplicação de nenhuma medida cautelar diversa da prisão. Isso posto, homologo a prisão em flagrante e, para garantia da ordem pública, entendendo inadequada qualquer outra medida cautelar, decreto a prisão preventiva do onerado Lucas Amorim Magalhães, nos termos da manifestação do Ministério Público", diz um trecho da decisão. Em depoimento, testemunhas relataram à polícia que Lucas era usuário de drogas e tinha histórico de comportamento violento. Antes de atingir as vítimas, ele tentou atacar a própria mãe, que se salvou ao se abrigar na guarita do prédio. O lutador, que já possuía antecedentes criminais por ameaça e contravenção penal, foi autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio. Lutador de jiu-jitsu Lucas Amorim Magalhães, de 39 anos, ameaçou pessoas na rua após matar idoso e deixar três feridos em condomínio em Fortaleza. Reprodução Assista aos vídeos mais vistos do Ceará:

FONTE: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/2024/07/10/lutador-suspeito-de-matar-idoso-em-condominio-tem-prisao-decretada-e-defesa-pede-substituicao-da-medida.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes